img:Bitcoin
Bitcoin - BTC
R$ 370.859,54 0.23%
img:Ethereum
Ethereum - ETH
R$ 18.894,24 -3.36%
img:XRP
XRP - XRP
R$ 3,46 3.55%
img:Solana
Solana - SOL
R$ 1.006,07 3.87%
img:MANA (Decentraland)
MANA (Decentraland) - MANA
R$ 1,86 1.18%
img:Chiliz
Chiliz - CHZ
R$ 0.39120001 0.56%
img:Shiba Inu
Shiba Inu - SHIB
R$ 0.00009430 -1.31%
img:USD Coin
USD Coin - USDC
R$ 5,66 1.14%
img:Cardano
Cardano - ADA
R$ 2,30 -0.01%
img:ApeCoin
ApeCoin - APE
R$ 4,40 -1.09%
img:Bitcoin
Bitcoin - BTC
R$ 370.859,54 0.23%
img:Ethereum
Ethereum - ETH
R$ 18.894,24 -3.36%
img:XRP
XRP - XRP
R$ 3,46 3.55%
img:Solana
Solana - SOL
R$ 1.006,07 3.87%
img:MANA (Decentraland)
MANA (Decentraland) - MANA
R$ 1,86 1.18%
img:Chiliz
Chiliz - CHZ
R$ 0.39120001 0.56%
img:Shiba Inu
Shiba Inu - SHIB
R$ 0.00009430 -1.31%
img:USD Coin
USD Coin - USDC
R$ 5,66 1.14%
img:Cardano
Cardano - ADA
R$ 2,30 -0.01%
img:ApeCoin
ApeCoin - APE
R$ 4,40 -1.09%
Redação Redação
a- A+

Sociedades virtuais sem um coordenador central são uma inovação que surgiu a partir da tecnologia das criptomoedas. Esse instrumento é importante para evitar censura, além de reduzir riscos causados pelo controle nas mãos de uma única pessoa.

Já imaginou as possibilidades dessa organização sem barreiras? Entenda o que é DAO e veja como essa inovação está sendo colocada em prática para eliminar processos burocráticos e trazer transparência.

O que é DAO, organização autônoma descentralizada?

Organização autônoma descentralizada (DAO) é uma sociedade virtual sem uma liderança central. Sua principal característica é funcionar sem a necessidade de confiança em uma autoridade central. Abaixo temos suas principais características.

  • É uma entidade liderada pela comunidade sem a figura de um controlador ou “dono”.
  • As tarefas são registradas em um contrato inteligente (smart contract), portanto, executadas de forma autônoma.
  • O uso da criptografia, os dados codificados com chaves privadas (senhas), garantem o sigilo de dados pessoais e segurança do sistema.

A tecnologia das criptomoedas incluindo o blockchain e os mecanismos de incentivos para evitar fraudes garantem o funcionamento distribuído e autônomo das organizações autônomas descentralizadas (DAO).

Como funcionam as DAOs?

Pense no sistema de semáforos de uma cidade: alguns equipamentos possuem sensores, outros trabalham com timers, porém tudo funciona seguindo regras pré-determinadas, de forma autônoma.

  • Sistemas autônomos funcionam sem necessidade de intermediários, portanto, executados de forma automática.
  • As tarefas são determinadas por código computacional acionadas quando as condições estipuladas são alcançadas. 
  • Atuam como “organismos” vivos, pois o código computacional é executado independente da validação de uma pessoa.

Utilização da tecnologia das criptomoedas

As DAOs utilizam o blockchain, o banco de dados público das criptomoedas. É desse modo que atuam de maneira descentralizada e autônoma.

  • A tecnologia blockchain armazena e mantém a base de dados das DAOs de maneira imutável e inviolável.
  • Os contratos digitais programáveis (smart contracts) asseguram interações de forma autônoma.
  • Quando as regras previamente estipuladas são atingidas, os smarts contracts se executam automaticamente.
  • Os votos dos participantes de uma DAO é computado através de critptoativos (tokens).

Governança, a votação em uma DAO

Usualmente o peso de um voto se dá pela quantidade de criptoativos (tokens) que um membro possui, porém, o mecanismo específico de voto depende das regras estipuladas por cada DAO. 

  • A votação ocorre de modo autônomo e protegido por chaves privadas criptografadas, preservando a identidade dos seus usuários.
  • Embora qualquer participante possa sugerir mudanças e melhorias na DAO, é a própria comunidade que define as regras de gestão (governança).
  • Dentre os parâmetros possíveis estão a quantidade mínima de tokens para participar, além do prazo para votação e implementação das novas normas.

Regras de consenso e financiamento

Uma DAO pode estabelecer regras de consenso para a tomada de decisões, como votações majoritárias ou consenso por unanimidade. Esses mecanismos garantem que as decisões da organização sejam tomadas de forma justa e transparente, levando em consideração as opiniões e preferências dos participantes.

Além disso, uma DAO pode incluir mecanismos de financiamento como a arrecadação de fundos por meio de ICOs (oferta inicial de moedas) ou a distribuição de lucros entre os participantes proporcionalmente à sua participação na organização.

Esses mecanismos financeiros permitem que a DAO seja sustentável e financie suas operações, projetos e desenvolvimento, além da operação de uma organização onde as decisões são tomadas de forma democrática e transparente sem a necessidade de intermediários ou autoridades centrais.

Como registrar e executar uma DAO no blockchain?

Para registrar e executar uma organização autônoma descentralizada (DAO) no blockchain são normalmente seguidos os seguintes passos:

  1. Redigir um smart contract: Este contrato digital define as regras e o funcionamento da DAO, especificando os direitos e responsabilidades dos participantes, a distribuição de tokens e as decisões de governança.
  2. Compilar o smart contract: O contrato é compilado (convertido) em uma linguagem de programação específica para o blockchain, como Solidity para a rede Ethereum.
  3. Implantar o smart contract: Esse contrato compilado é enviado para a blockchain usando uma transação especial que contém o código do contrato e parâmetros necessários para sua inicialização.
  4. Executar a DAO: Após o contrato ser implantado a DAO está pronta para operar e os participantes podem interagir com a organização mediante transações, votações e execução de funções pré-definidas no smart contract.

É importante lembrar que os detalhes exatos do processo podem variar dependendo da rede blockchain e da plataforma utilizada para criar e implantar os smart contracts.

Quais as vantagens de uma DAO?

A utilização da tecnologia das organizações autônomas descentralizadas (DAOs) apresenta diversas vantagens significativas que combinadas possibilitam melhorias e inovação em diversos setores, incluindo finanças, logística, eleições, e educação, entre outros. 

Descentralização

A tecnologia DAO permite a criação de organizações descentralizadas eliminando a necessidade de uma autoridade central. As decisões são tomadas coletivamente pelos participantes, promovendo um ambiente igualitário e transparente. Isso evita concentração de poder e oferece maior autonomia aos envolvidos.

Engajamento dos participantes

Com uma DAO, os participantes têm voz ativa nas decisões e direção da organização. Através do voto proporcional ao número de tokens detidos, os membros podem participar ativamente na governança e contribuir para o desenvolvimento da DAO. Isso incentiva o engajamento e aumenta o senso de pertencimento à comunidade.

Transparência e imutabilidade

A tecnologia blockchain subjacente às DAOs garante um registro transparente e imutável das transações e decisões tomadas. Todos os eventos e transações são registrados no blockchain, permitindo uma auditoria e rastreabilidade completa e aumentando a confiança entre os participantes.

Eficiência operacional

As DAOs automatizam processos usando contratos inteligentes, que reduz a necessidade de intermediários e a burocracia. Isso agiliza a execução de transações e tomada de decisões, eliminando atrasos e custos associados. Além disso, uma DAO pode operar 24 horas por dia, sem interrupções, devido à natureza descentralizada da tecnologia.

Quais as desvantagens de uma DAO?

Embora as organizações autônomas descentralizadas (DAOs) ofereçam várias vantagens, também existem desvantagens a serem consideradas no seu uso. É importante considerar essas desvantagens ao implementar e utilizar uma DAO, buscando mitigar os riscos e abordar os desafios técnicos e operacionais associados. 

Problema de escalabilidade

À medida que o número de participantes e transações aumenta, a rede blockchain pode enfrentar dificuldades em processar todas as operações de forma eficiente e rápida. Isso pode resultar em atrasos e taxas de transação elevadas, afetando a experiência dos usuários e limitando o crescimento da DAO.

Tendência de evitar decisões

As pessoas tendem a evitar participar ativamente das decisões. Isso pode resultar em uma baixa participação da comunidade, dificultando a implementação de mudanças necessárias. Além disso, decisões importantes podem ser influenciadas por um número limitado de participantes ativos, afetando a representatividade do processo de governança.

Complexidade tecnológica

A implementação e manutenção de uma DAO requer um conhecimento técnico avançado. O desenvolvimento e a segurança de contratos inteligentes, assim como a administração da infraestrutura blockchain, podem ser desafiadores. Isso pode criar barreiras de entrada para indivíduos ou organizações que desejam adotar a tecnologia DAO.

Riscos de segurança e bugs

As DAOs são baseadas em smart contracts e executadas em redes blockchain, o que as torna vulneráveis a riscos de segurança. Erros de programação nos contratos inteligentes podem levar a falhas de segurança e exploração por hackers. Além disso, caso ocorram falhas críticas no protocolo da rede subjacente.

Quais os tipos DAOs existentes?

Nada disso é apenas teoria e existem DAOs em funcionamento em diferentes categorias. Abaixo listamos as mais comuns: 

  • Comunidades: focadas na colaboração e redes sociais, unindo pessoas com um interesse comum, e oferecendo democracia digital sem possibilidade de censura, com recompensas baseadas em contribuição.
  • Arrecadação: voltadas para projetos de financiamento coletivo, onde valores podem ser emprestados entre usuários e até mesmo aplicado em outras aplicações descentralizadas.
  • Mercados: permite a negociação de bens e serviços de forma direta, sem intermediários, por mecanismos descentralizados, inclusive para a criação de tokens não fungíveis (NFTs) com direitos autorais.
  • Serviços: usadas por um indivíduo ou grupo de pessoas para criar outras DAOs, uma ferramenta menos comum que as demais, porém igualmente libertadora ao reduzir burocracias e trazer transparência no processo.

Cabe ressaltar que nem toda organização virtual autônoma (DAO) possui um criptoativo (token) próprio. No entanto, existem vantagens nesse modelo, estimulando o desenvolvimento do ecossistema.

Quais as principais DAOs ativas?

Após entender o que é DAO, nada melhor do que observar alguns exemplos em funcionamento. Cabe ressaltar que os projetos mencionados abaixo não foram testados por nossa equipe, portanto cabe ao usuário analisar as respectivas propostas antes de depositar valores ou interagir com qualquer DAO.

Maker DAO: mecanismo que rege a stablecoin DAI

Maker DAO foi criada em 2017 e permite que o usuário pegue empréstimos em dólar virtual ao depositar determinadas criptomoedas na plataforma.

  • O usuário pega empréstimos na stablecoin pareada em dólar (DAI) e deposita uma garantia em Ethereum (ETH) ou demais criptomoedas.
  • O mecanismo que estabiliza essa cesta de garantias (pool) é automatizado, incluindo um sistema de leilões quando há desbalanceamento.
  • Para votar nas decisões de taxas, quais as criptomoedas aceitas e participar dos leilões de liquidação é preciso ser detentor do criptoativo Maker (MKR).

Ou seja, os benefícios dessa organização virtual são destinados aos detentores do Maker. A diferença para uma empresa tradicional é a ausência de uma estrutura hierárquica.

Uniswap: exchange descentralizada para trocas entre tokens

Uniswap é um protocolo automatizado que permite a troca entre diferentes ativos digitais. Uniswap foi o primeiro experimento de sucesso utilizando um modelo de precificação automatizado.

  • Embora exista uma equipe desenvolvedora, as mudanças no protocolo precisam ser aprovadas por votação.
  • Possibilita a compra e troca de ativos digitais sem necessidade de um intermediário de confiança.
  • Os próprios usuários fornecem liquidez, deixando ativos digitais depositados em troca de remuneração (yield).

Em resumo, Uniswap é uma exchange DEX, pois nem mesmo os desenvolvedores possuem poderes suficientes para alterar os contratos em execução ou bloquear transações de usuários.

MolochDAO: distribuição de fundos para desenvolvedores

O objetivo do MolochDAO é arrecadar fundos de forma descentralizada para ajudar o desenvolvimento do ecossistema Ethereum.

  • Financia projetos em desenvolvimento ao distribuir valores para os desenvolvedores.
  • Os saldos arrecadados também podem ser usados para melhorar DAOs já existentes.
  • MolochDAO é um sistema filantrópico sem um coordenador central.

Cabe aos membros dessa DAO determinar quais projetos vão receber os fundos. 

Augur: mecanismo descentralizado de apostas

Lançado em 2015, Augur permite que os usuários criem novas sugestões de apostas ou entre com valores em eventos previamente abertos.

  • Os fornecedores de resultados recebem moedas REP como recompensa pelo trabalho, e são penalizados em caso de divergências.
  • O próprio aplicativo mantém um livro de ofertas para cada mercado, que inclui desde resultados eleitorais até apostas esportivas.
  • A plataforma aceita depósitos e apostas em outras criptomoedas, incluindo Ethereum (ETH) e DAI, pareada em dólar.

A grande diferença de Augur para sites convencionais de apostas é a descentralização, sendo impossível censurar ou reverter eventos.

Yield Guild Games: administração e aluguel de NFTs

A Yield Guild Games é uma organização autônoma descentralizada  especializada no investimento de tokens não fungíveis (NFT) usados nos jogos que utilizam blockchain.

  • Visa construir uma comunidade de jogadores e investidores, alavancando seus ativos virtuais para buscar rentabilidade.
  • Jogadores interessados em utilizar estes NFTs pagam pelo serviço, que remunera o ecossistema.

Seu sistema descentralizado permite que cada usuário possa decidir em qual cooperativa (vault) quer investir para buscar retornos.

Qual o potencial do DAO em outros segmentos?

As organizações autônomas descentralizadas (DAO) são uma forma emergente de estruturas organizacionais baseadas em blockchain com potencial de transformar várias indústrias. Abaixo, mencionamos alguns desses exemplos.

Compliance e auditoria

Como as operações de uma DAO são registradas em uma blockchain pública, todas as transações e decisões tomadas podem ser verificadas e auditadas de forma transparente. Isso pode ajudar a prevenir a corrupção e aumentar a confiança dos participantes.

Gestão de ativos

A ferramenta organizacional pode ser usada para gerenciar ativos digitais, como tokens lastreados em ativos reais, de forma descentralizada. Os participantes da DAO podem votar e tomar decisões sobre a compra, venda e reequilíbrio desses ativos com base em propostas e regras pré-definidas.

Financiamento coletivo

As DAOs podem ser usadas para realizar campanhas de financiamento coletivo, permitindo que indivíduos contribuam com fundos para projetos específicos. Os investidores podem tomar decisões sobre a alocação de recursos e votar em propostas registradas e executadas usando contratos inteligentes.

Entretenimento

No setor de entretenimento uma DAO pode ajudar os artistas que vendem músicas e ingressos para shows ao eliminar intermediários e fornecer maior controle e autonomia. Os fãs podem se tornar membros da DAO, adquirindo tokens que lhes concedem direitos e benefícios exclusivos, como acesso antecipado a lançamentos musicais e descontos em ingressos.

Considerações legais e regulatórias

As DAOs enfrentam desafios legais e regulatórios significativos em diferentes jurisdições. Outro problema é que muitas jurisdições ainda não possuem leis específicas para lidar com essas estruturas organizacionais inovadoras.

As implicações legais e compliance para as DAOs e seus participantes podem incluir questões relacionadas a impostos, lavagem de dinheiro, proteção ao consumidor, conformidade regulatória e proteção de dados.

Desse modo, para mitigar riscos é essencial entender e cumprir as leis e regulamentos relevantes, como leis de valores mobiliários, combate à lavagem de dinheiro, além das regras de declaração e tributação

Agora você sabe o que é DAO e como uma organização virtual autônoma pode ser usada em inúmeros casos, invista em utility tokens das DAOs no MB, a exchange com maior volume de negociação em Reais no Brasil.

https://www.mercadobitcoin.com.br/economia-digital/tecnologia/dao/
Destaques Autor
img:Redação

Redação

Estamos aqui para oferecer a você conteúdo de qualidade que o ajude a navegar com confiança pelo universo dos criptoativos. Nosso compromisso é fornecer análises precisas e perspectivas aprofundadas sobre os mais recentes desenvolvimentos no mercado cripto. Acreditamos que a educação é fundamental para o sucesso no mundo dos criptoativos, e é por isso que nos esforçamos para tornar nossos artigos acessíveis e compreensíveis para investidores de todos os níveis de experiência.  Estamos aqui para ser seu guia confiável no universo em constante evolução das moedas digitais. Seja bem-vindo e fique à vontade para nos acompanhar em nossa missão de tornar o mundo das criptos mais acessível, compreensível e lucrativo para todos!

Saiba mais
Destaques Comentários

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *