img:Bitcoin
Bitcoin - BTC
R$ 336.699,67 2.01%
img:Ethereum
Ethereum - ETH
R$ 16.401,84 1.67%
img:Chiliz
Chiliz - CHZ
R$ 0.56511397 6.63%
img:XRP
XRP - XRP
R$ 2,63 2.15%
img:Shiba Inu
Shiba Inu - SHIB
R$ 0.00012065 6.49%
img:USD Coin
USD Coin - USDC
R$ 5,30 1.45%
img:Cardano
Cardano - ADA
R$ 2,43 2.56%
img:ApeCoin
ApeCoin - APE
R$ 6,31 3.88%
img:Solana
Solana - SOL
R$ 721,68 1.09%
img:MANA (Decentraland)
MANA (Decentraland) - MANA
R$ 2,28 3.72%
img:Bitcoin
Bitcoin - BTC
R$ 336.699,67 2.01%
img:Ethereum
Ethereum - ETH
R$ 16.401,84 1.67%
img:Chiliz
Chiliz - CHZ
R$ 0.56511397 6.63%
img:XRP
XRP - XRP
R$ 2,63 2.15%
img:Shiba Inu
Shiba Inu - SHIB
R$ 0.00012065 6.49%
img:USD Coin
USD Coin - USDC
R$ 5,30 1.45%
img:Cardano
Cardano - ADA
R$ 2,43 2.56%
img:ApeCoin
ApeCoin - APE
R$ 6,31 3.88%
img:Solana
Solana - SOL
R$ 721,68 1.09%
img:MANA (Decentraland)
MANA (Decentraland) - MANA
R$ 2,28 3.72%
Redação Redação
a- A+

Entender qual é o seu perfil de investimento é um ponto crucial para o ingresso no mercado financeiro, principalmente para definir metas e limites. Isso considera sua necessidade de renda mensal e a capacidade de alocar recursos em caso de queda.

Cada tipo de investidor pode se beneficiar de forma diferente dos mesmos ativos, portanto, engana-se quem acredita ser desnecessária esta avaliação. A regulação do mercado financeiro tradicional traz três principais perfis de investidor, embora, na nossa opinião, essa classificação seja muito abrangente.

Pensando nisso, o MB criou perfis de análise do investidor que consideram outros aspectos e abordam mais características que vão além dos perfis conservador, moderado e arrojado. Aproveite para conhecer essa ferramenta!

Como o MB analisa o perfil de investidor?

A partir das respostas do cliente no BIO Financeira, o algoritmo do ÍRIS calcula a pontuação que define o perfil de investidor, com base em parâmetros pré-definidos. A avaliação considera o objetivo dos investimentos:

  • Momento de vida, incluindo a situação financeira atual.
  • Perfil psicológico em relação a investimentos, tolerância a risco.
  • Capacidade financeira para suportar períodos mais longos de resgate.
  • Nível de conhecimento em relação aos produtos do mercado. 

Para a recomendação de produtos, é necessário a captação dos dados do cliente, para em seguida definir o perfil do investidor. Só é possível traçar recomendações, incluindo produtos e serviços, após o completo preenchimento dos dados.

Como o momento de vida afeta o perfil do investidor?

Para definir o objetivo são considerados o prazo, as preferências do cliente quanto ao risco, além da finalidade do investimento. O processo considera a capacidade real de risco do cliente, pois em alguns casos a preferência diverge da necessidade ou possibilidade conforme o enquadramento.

  • São considerados o valor das receitas regulares declaradas, dos ativos que compõem seu patrimônio e a necessidade futura de recursos.
  • São efetuadas algumas perguntas para verificar o comportamento em determinados cenários de risco operacional. 
  • O próprio cliente define o nível de conhecimento nos diferentes produtos financeiros conforme sua experiência.

Para cada resposta do questionário atribui-se uma pontuação e um fator de ponderação. Com isso, é possível calcular a pontuação final e classificar cada cliente em uma das cinco categorias de perfil de investimentos.

Quais os 5 perfis considerados pela BIO Financeira do MB?

O MB classifica os perfis de investimentos dos clientes em cinco categorias, do conservador ao mais agressivo:

  • Azul (nível 1, ou perfil conservador): fundos com liquidez diária, baixa volatilidade e de fácil entendimento; investimento de curto prazo de maturação.
  • Verde (nível 2, perfil moderado): fundos com liquidez diária, baixa volatilidade e com risco de crédito privado; investimentos de curto prazo de maturação. 
  • Amarela (nível 3, perfil balanceado): fundos com liquidez restrita, com média volatilidade e risco de crédito privado; aceita performance negativa.
  • Laranja (nível 4, perfil arrojado): fundos com liquidez restrita, alta volatilidade, que buscam assimetrias de preços em diversos mercados; resiliente ao desempenho negativo.  
  • Vermelha (nível 5, perfil agressivo): fundos com baixa liquidez, com alta volatilidade e compatível com investidores resilientes a perdas de capital investido.

Toda criptomoeda é muito arriscada? Quais os ativos digitais mais seguros?

É importante saber que a definição do risco de uma carteira não são os ativos, mas sim o percentual alocado em cada um dos segmentos. Ao elaborar uma carteira diversificada incluindo criptomoedas, o investidor se beneficia de um tipo de investimento com vetores de alta distintos ao mercado tradicional.

Cabe ressaltar que há diversos criptoativos além do Bitcoin, com opções que possuem maior volatilidade, mas também há ativos com retorno previsível. Podemos citar alguns tokens com lastro em ativos reais, ou seja, cuja cotação tende a seguir a valorização do ativo-fim.

Um exemplo são as stablecoins, ou moedas digitais pareadas, incluindo as opções do dólar: USD Coin (USDC), e DAI, além do ouro tokenizado, Pax Gold (PAXG).

Investidor conservador pode comprar Bitcoin?

Sim, pois em prazos superiores a 2 anos, o Bitcoin dificilmente acompanha a performance do mercado tradicional. Basta o investidor alocar apenas parte da parcela destinada a ativos de maior risco, a classe de renda variável, fazendo uma correta gestão de risco de acordo com seu perfil conservador.

Algumas outras características do Bitcoin que o tornam vantajoso para ser alocado inclusive numa carteira conservadora: 

  • Preserva o poder de compra no longo prazo, devido a sua escassez digital.
  • Pode ser negociado 24 horas, tanto nas exchanges, quanto diretamente entre os participantes da rede.
  • Apresenta transações irreversíveis e transparentes, de forma auditável.
  • Funciona sem qualquer governo ou autoridade central, portanto, não pode ser censurado.

Por que o dólar é considerado um investimento seguro?

Os EUA são a maior potência mundial, representando 24% da economia global. Nas finanças, o efeito é ainda maior, com o valor das empresas listadas neste mercado atingindo 60% do somatório geral.

  • O comércio internacional de petróleo e demais bens e serviços é majoritariamente realizado nesta divisa. 
  • Empresas e bancos emitem dívida em dólar buscando maximizar o número de potenciais compradores.
  • Ao final de 2021, 56% das reservas mundiais em moeda estrangeira dos países estavam em dólares americanos. 

Entretanto, assim como as demais moedas fiduciárias, o dólar também sofre efeito da inflação. Por isso, investir em dólar é considerado uma reserva estratégica.

Qual o perfil do investidor de Bitcoin?

Qualquer um dos cinco perfis traçados pela BIO Financeira do MB pode investir em Bitcoin, respeitando sua alocação de risco. No entanto, quando falamos exclusivamente de criptomoedas, existem dois perfis básicos de investidor:

  • Holder ou HODL: acredita no potencial de longo prazo; não realiza vendas em momentos de pico e faz compras periódicas — independente da variação de preço ao longo do mês ou ano.
  • Trader: busca aproveitar as oscilações de preços para aumentar ou reduzir sua posição; faz compras e vendas de diversos ativos, usualmente buscando retorno no curto e médio prazo.

O perfil conservador e a sua baixa tolerância ao risco, provavelmente se encaixa na categoria de Holder ao inserir o Bitcoin no seu portfólio.

Investir em Bitcoin é seguro?

O investimento em Bitcoin é seguro do ponto de vista tecnológico, pois uma rede mundial com grande capacidade de processamento valida as transações. O sistema conta com 13 anos de funcionamento sem interrupção ou registro de movimentações sem a devida chave privada, a “senha” de cada endereço.

No entanto, sua cotação oscila conforme a oferta e demanda no mercado, algo totalmente imprevisível. Dessa forma, você considerar antes de comprar:

  • Só use dinheiro que você não irá precisar no curto prazo, evitando assim vender forçadamente em períodos de queda. 
  • Estude o ativo que você está investindo, pois a maioria dos riscos associados ao Bitcoin são relacionados a erros do usuário, completamente evitáveis.
  • A melhor maneira de garantir a segurança das suas moedas é comprar Bitcoin em uma exchange confiável e aprender a usar carteiras (wallets).

Como montar uma carteira diversificada?

O ato de dividir os ovos por várias cestas, ou seja, a diversificação, visa reduzir possíveis perdas causadas por riscos inesperados. Esta estratégia é ainda mais necessária em países como o Brasil, onde a própria moeda local possui alta volatilidade, ou seja, pode se desvalorizar repentinamente.

  • É tentador acreditar que um investidor com perfil de risco conservador está seguro investindo apenas em Tesouro Direto. 
  • No cenário de juros mais baixos, a rentabilidade líquida é próxima ou abaixo da inflação.
  • Diversos estudos comprovam que os investidores se beneficiam alocando percentuais em diferentes classes de risco.

Ao buscar se elaborar uma carteira diversificada, é importante focar nas necessidades de cada indivíduo, reduzindo as chances de perdas e potencializando os ganhos segundo o perfil do investidor. 

Mercado Bitcoin é confiável?

O MB é confiável, e tem como prova os 9 anos de funcionamento sem intercorrências, hacks, ou vazamentos. Somos o primeiro unicórnio cripto da América Latina após uma rodada de investimentos do banco de investimento japonês Softbank.

Mais de 3 milhões de pessoas confiam em nossos serviços para investimentos em criptoativos. Cabe ressaltar que também é responsabilidade do usuário cuidar da sua própria segurança digital para se defender de golpes. Aprenda algumas dicas importantes no vídeo abaixo:

Agora que você sabe o que é perfil de investidor e conhece os criptoativos com baixa volatilidade e alto potencial de ganho, abra sua conta no MB e aproveite esses benefícios.