img:Bitcoin
Bitcoin - BTC
R$ 365.110,34 -1.39%
img:Ethereum
Ethereum - ETH
R$ 18.230,16 -6.2%
img:Cardano
Cardano - ADA
R$ 2,23 -2.8%
img:ApeCoin
ApeCoin - APE
R$ 4,23 -4.8%
img:MANA (Decentraland)
MANA (Decentraland) - MANA
R$ 1,80 -3.19%
img:Chiliz
Chiliz - CHZ
R$ 0.37606804 -3.18%
img:XRP
XRP - XRP
R$ 3,40 1.2%
img:Shiba Inu
Shiba Inu - SHIB
R$ 0.00009517 -0.61%
img:USD Coin
USD Coin - USDC
R$ 5,67 1.12%
img:Solana
Solana - SOL
R$ 980,76 1.25%
img:Bitcoin
Bitcoin - BTC
R$ 365.110,34 -1.39%
img:Ethereum
Ethereum - ETH
R$ 18.230,16 -6.2%
img:Cardano
Cardano - ADA
R$ 2,23 -2.8%
img:ApeCoin
ApeCoin - APE
R$ 4,23 -4.8%
img:MANA (Decentraland)
MANA (Decentraland) - MANA
R$ 1,80 -3.19%
img:Chiliz
Chiliz - CHZ
R$ 0.37606804 -3.18%
img:XRP
XRP - XRP
R$ 3,40 1.2%
img:Shiba Inu
Shiba Inu - SHIB
R$ 0.00009517 -0.61%
img:USD Coin
USD Coin - USDC
R$ 5,67 1.12%
img:Solana
Solana - SOL
R$ 980,76 1.25%
Crypto for All Crypto for All
a- A+

Em abril de 2023, vimos o anúncio que a famosa casa de leilões, Sotheby’s, iria ajudar no processo de liquidação da coleção de tokens-não-fungíveis do fundo de NFTs “Starry Night Capital”, que fazia parte do extinto hedge-fund Three Arrows Capital (3AC). 

A Sotheby’s batizou a coleção de NFTs como “Grails” e dividiu o leilão e venda das peças em dois eventos diferentes, com o mesmo objetivo de maximizar o valor dessas NFTs na hora de sua liquidação. A coleção era curada, em sua maioria, com NFTs de importante relevância para o cenário da arte generativa pós-blockchain, o que atraiu bastante atenção para o leilão. 

Conheça algumas das peças de destaque da coleção:

Fidenza #216 do artista generativo Tyler Hobbs

Chromie Squiggle #1780 (Perfect Spectrum) do fundador da Art Blocks, Erick “ Snowfro” Calderon

Autoglyph #187, da Larva Labs

Essa é a peça que foi considerada o NFT principal da coleção, Ringers #879 (apelidado de “The Golden Goose”), do artista Dmitri Cherniak 

Mas, o que são os Ringers e o que é esse tal de “Goose”? 

Ringers é uma coleção de 1.000 NFTs generativos que foi criada pelo artista e programador Dmitri Cherniak. A coleção foi lançada em janeiro de 2021, pela plataforma focada em arte generativa ArtBlocks, com cada NFT custando apenas 0,1 ETH. Além disso, cada NFT da coleção era derivado de um hash de transação unico e aleatório gerado em Javascript, o que tornava imprevisível, tanto para o artista quanto para o colecionador, o resultado de cada NFT gerado.

O Ringers #879, ou como foi carinhosamente apelidado de “The Golden Goose”, foi um desses resultados, se destacando das demais peças da coleção por ter gerado aleatoriamente um formato de cabeça de ganso em uma das 1.000 únicas tentativas. 

Essa peça acabou sendo considerada uma das joias da era da arte generativa pós-blockchain devido ao resultado da sua emblemática fusão de código e aleatoriedade, representando uma mistura única do acaso e simbolismo da arte digital.

Importância desse evento para o ecossistema de arte pós-blockchain

O leilão desses Grails da arte generativa com certeza foi um marco significativo na evolução dos NFTs e sua integração nos mercados de arte tradicionais, Aqui estão alguns insights sobre a importância desse leilão para o ecossistema de NFTs e arte pós-blockchain:

NFTs não estão mortos

A venda desses NFTs trouxe a animação de volta para o mercado de NFTs, nos mostrando que por mais que o clima ainda seja de bear market para o mercado de criptoativos no geral e, principalmente para NFTs, os curadores e colecionadores continuam ativos no ecossistema. Contudo, estão muito mais seletos para os tipos de NFTs que eles estariam adquirindo, fugindo das profile-pictures (PFPs) e metaverso para focar no mercado de longo prazo dos NFTs de arte e seus artistas.

Além disso, vemos que esse mesmo ânimo se replica para artistas no espaço, onde esse tipo de evento tem um efeito motivador na moral desses criadores que buscam cada vez mais conexões para terem seu trabalho reconhecido por curadores ou colecionadores. 

A consolidação do cenário da arte pós-blockchain 

Quando vemos leilões como esse, onde existem peças de alto interesse do mercado sendo negociadas, notamos que se cria uma espécie de publicidade orgânica para o evento. Isso acontece principalmente para as obras leiloadas, onde elas têm sua notoriedade reafirmada, trazendo uma visibilidade ainda maior para elas e para o nicho que elas são classificadas. Esse efeito não foi diferente no leilão dos Grails, onde tivemos uma série de headlines e um incrível engajamento do público geral, principalmente de artistas de blockchain que criaram releituras do famoso “The Golde Goose”. 

fonte: Twitter

Valorização desses NFTs

Sabemos que um dos pontos mais importantes para a valorização de uma obra de arte é o interesse de uma galeria ou curador por ela, onde a reputação deles acaba servindo como uma ratificação para assegurar e complementar a notoriedade da arte e do artista, o que muitas vezes acaba tornando a arte valiosa em um contexto geral. 

Com o “Golden Goose” não foi diferente! Essa arte passa por um longo histórico de valorização, tanto pelo seu contexto emblemático na arte generativa, mas muito mais pelo interesse de vários curadores do mercado. 

A primeira venda do “Goose” foi do pseudônimo TheCryptonite, que o vendeu para o colecionador Pixelpepe por 1,26 ETH, apenas quatro dias depois. Tempos depois, o colecionador VincentVanDough (VVD) tentou comprar a peça por 500 ETH, mas teve sua oferta recusada. 

Em agosto de 2021, VVD voltou como curador do fundo de NFTs criado pela extinta Three Arrows Capital (3AC) e obteve a peça, após uma disputa de ofertas, por 1.800 ETH (US$ 5,9 milhões). 

Atualmente, a peça foi comprada pelo curador que atua sobre o pseudônimo de Punk6529, pelo lance de US$ 5,4 milhões, acrescentando as taxas de leilão, esse valor ultrapassa os US$ 6,2 milhões (aproximadamente 3.700 ETH), tornando ela uma das obras lançadas pelo Art Blocks mais caras vendidas, em termos de ETH.  

Maiores vendas do Artblocks em termos de ETH
fonte: PROOF

Podemos notar que a volta desses NFTs High-tier para o mercado serve como um termômetro para avaliar o mercado da arte pós-blockchain como um todo, re-precificando essas peças e consolidando mais ainda a proeminência dessas obras e a reputação de seus artistas.  

Conclusão

A principal conclusão que podemos tirar de tudo isso é que o cenário de NFTs continua resiliente, principalmente quando nos referimos a arte pós-blockchain, especificamente o nicho de arte generativa. Essa incrível resiliência do mercado e eventos como esses atraem cada vez mais a atenção de novos criadores e curadores, tanto de arte digital como tradicional, reforçando mais ainda o ecossistema de arte que tem sido criado e popularizado em cima das grandes blockchains, como Ethereum e Bitcoin.

https://www.mercadobitcoin.com.br/economia-digital/nft/a-importancia-dos-leiloes-dos-nfts-da-three-arrows-capital-para-a-arte-pos-blockchain/
Destaques Autor
img:Crypto for All

Crypto for All

Saiba mais
Destaques Comentários