img:USD Coin
USD Coin - USDC
R$ 5,67 1.27%
img:Cardano
Cardano - ADA
R$ 2,32 1.32%
img:Solana
Solana - SOL
R$ 1.017,19 4.29%
img:Ethereum
Ethereum - ETH
R$ 19.221,71 -0.22%
img:Chiliz
Chiliz - CHZ
R$ 0.39896908 3.2%
img:XRP
XRP - XRP
R$ 3,51 5.39%
img:Shiba Inu
Shiba Inu - SHIB
R$ 0.00009773 2.56%
img:Bitcoin
Bitcoin - BTC
R$ 375.362,19 1.45%
img:ApeCoin
ApeCoin - APE
R$ 4,55 2.88%
img:MANA (Decentraland)
MANA (Decentraland) - MANA
R$ 1,80 -2.47%
img:USD Coin
USD Coin - USDC
R$ 5,67 1.27%
img:Cardano
Cardano - ADA
R$ 2,32 1.32%
img:Solana
Solana - SOL
R$ 1.017,19 4.29%
img:Ethereum
Ethereum - ETH
R$ 19.221,71 -0.22%
img:Chiliz
Chiliz - CHZ
R$ 0.39896908 3.2%
img:XRP
XRP - XRP
R$ 3,51 5.39%
img:Shiba Inu
Shiba Inu - SHIB
R$ 0.00009773 2.56%
img:Bitcoin
Bitcoin - BTC
R$ 375.362,19 1.45%
img:ApeCoin
ApeCoin - APE
R$ 4,55 2.88%
img:MANA (Decentraland)
MANA (Decentraland) - MANA
R$ 1,80 -2.47%
Redação Redação
a- A+

Moeda fiduciária (fiat) é algo que todos os brasileiros usam no dia-a-dia: estamos falando dos reais R$, as cédulas de dinheiro, saldos em contas-corrente, e títulos de crédito.

Ao contrário do que se imagina, nada garante o valor da moeda fiduciária, aquela emitida por governos. Sua aceitação é obrigatória por lei, portanto é a única opção para pagamentos de tributos e impostos.

Quer entender o que é moeda fiduciária (fiat)? Siga a leitura com o MB, corretora de ativos digitais líder em volume negociado no Brasil.

O que é lastro?

Antes de adentrar nas definições pertinentes ao tópico, é essencial entender definição de lastro.

Em finanças, lastro é a garantia, ou reserva, que assegura o valor de determinado ativo. Por exemplo, o lastro de um Fundo Imobiliário são os próprios imóveis, recebíveis, ou créditos imobiliários.

  • Foram utilizados, no passado, como lastro de moeda commodity: sal, peles de animais, cobre, seda, e prata.
  • Podem funcionar como lastro: terrenos, imóveis, joias, ou direitos e recebíveis.

Em resumo, o lastro é um depósito que garante o valor de determinado ativo financeiro. Sem essa garantia, o valor teórico do ativo é zero.

Quais são os tipos de moedas existentes?

Antes de saber quais tipos de moedas existem, é importante ter claro que o termo se refere a tudo que serve para fazer transações. Ou seja, aceito em troca de um bem ou serviço. Dessa forma, As moedas podem ser agrupadas em 3 classes:

  • Moeda Fiduciária: emitida por governos. Depende da confiança no emissor. Exemplos: Dólar, Reais, Euros.
  • Moeda Commodity: são os bens utilizados em forma física ou através de recibos de depósito. Ouro, prata e cobre são ativos da categoria.
  • Criptomoeda: por conta da escassez digital e capacidade de ser fracionada sem perda de valor, podem ser interpretadas, parcialmente, como commodity.

O que é moeda fiduciária (fiat)?

A definição de fiduciário é: “diz-se do que ou de quem se encontra dependente da confiança”. Repare a ausência das palavras garantia ou reserva para descrever este termo.

Acredite: essa imagem de que o governo usa reservas internacionais para garantir o valor da moeda local (lastro) é completamente equivocada. 

  • Moeda fiduciária é aquela emitida por governos e Bancos Centrais. 
  • Pode existir no formato de cédulas, moedas, ou em meio digital.
  • Não existe uma recompra desses valores por parte do emissor nem obrigação de conversão por outro bem ou ativo.
  • Sua aceitação é obrigatória por lei e eventuais impostos e tributos só podem ser pagos nesta moeda.

Quem define o valor da moeda fiduciária?

A moeda fiduciária só possui valor porque o governo, empresas e pessoas em geral atribuem algum valor a ela. Portanto, seu valor é baseado na autoridade e confiança do emissor.

  • A moeda fiduciária, sem lastro, substituiu de forma definitiva o padrão-ouro em 1971.
  • No imaginário popular, os ativos e recebíveis de um país funcionam como garantia, o que é mentira.
  • É possível que um governo ou Banco Central determine limites para a cotação internacional, porém isso exige restrições no fluxo.

Repare na cédula do dólar emitida em 1996, onde a menção do ouro foi removida. Dessa forma, fica claro que deixa de ser uma representação, intercambiável por determinada reserva.

Em tradução livre: “Esta nota tem curso legal para todas as dívidas, tradução de garantia pública e privada.”

Quais as maiores moedas fiduciárias?

Segundo o site de análise Porkopolis Economics, em Nov/2022, as maiores moedas fiduciárias são:

#Moeda fiduciáriaPaís emissorValor, US$ trilhõesQuantidade emitida, trilhões
1DólarEstados Unidos$6.4$6.4
2EuroZona do Euro$6.3€6.2
3YuanChina$4.8¥34.2
4IeneJapão$4.5¥645.0
5Libra esterlinaReino Unido$1.0£1.1

Curiosamente, a soma dos 4 países seguintes, Canadá, Rússia, Brasil, e Coréia do Sul, fica abaixo de $1 trilhão. Desse modo, fica claro a absoluta dominância dos 5 líderes, com 87% do valor total de mercado das moedas.

É possível o governo fixar o câmbio da moeda fiduciária?

Sim, é possível trabalhar com cotação internacional fixa, ou variando entre bandas. No entanto, necessariamente existem controles de capitais para limitar a oferta e demanda.

  • Ao determinar uma paridade alta (forte) para a moeda local, ocorre uma busca por moeda estrangeira.
  • Isso dificulta a exportação, pois o produto nacional perde competitividade.
  • A própria falta de divisa externa causada por esse movimento limita a ação do Banco Central e a manutenção desse regime.
  • A tendência é a formação de um mercado paralelo, com cotação independente da fixada pelo Banco Central.

Em suma, modelos de cotação fixa tendem a causar falta de dólares no mercado, incentivando uma taxa de câmbio alternativa oferecida por cambistas.

O que é moeda commodity?

Commodity significa bem ou mercadoria primária com valor comercial determinado. Entram nessa classificação: petróleo, soja, carvão, café, ouro, boi gordo, entre outros.

  • A própria mercadoria pode ser utilizada como dinheiro, intermediando a compra e venda de bens e serviços.
  • Moeda commodity é o oposto da moeda fiduciária, aquela que depende de confiança.
  • Podem ser utilizados títulos que representam a fatia de uma reserva, um certificado de depósito.
  • Entre 1958 e 1971 o governo dos EUA garantiu a conversão de 35 dólares por 1 quilograma de ouro.

Perceba que essa cédula de 1928 é, na verdade, um certificado de depósito de ouro, no valor de 20 dólares, ou 571 gramas de ouro. Nesse sentido, para imprimir determinada quantidade de moeda, o governo era obrigado a deter a quantidade equivalente de ouro.

O que são criptomoedas?

Criptomoedas são ativos digitais emitidos e transacionados sem um coordenador central. Ou seja, em oposição à moeda fiduciária, independem de um Banco Central ou governo.

Abaixo temos algumas de suas principais características:

  • Podem ser utilizadas para compra de bens e negociações internacionais.
  • As transações podem ser feitas 24 horas, sem possibilidade de intervenção externa. 
  • A primeira e mais conhecida é o Bitcoin, porém existem centenas de outras em circulação.
  • O valor das criptomoedas é definido pela oferta e demanda no mercado em dado instante.

Outra característica fundamental é que todas as transações são feitas de forma privada e ficam registradas no livro contábil público, o banco de dados blockchain.

Segue com dúvida? O vídeo abaixo explica o que é criptomoeda:

Como Bitcoin pode se tornar Reserva de Valor?

A Reserva de Valor é uma proteção contra as variações do mercado. Em suma, sua principal característica é a manutenção do poder de compra no decorrer do tempo. 

O Bitcoin tem potencial para funcionar dessa forma por conta de suas características:

  • Previsibilidade da oferta e escassez, pois seu limite de emissão é de 21 milhões de unidades.
  • Pode ser facilmente transferido e fracionado.
  • Alta liquidez, ou volume de negociação no mercado.

Bitcoin é pirâmide? Não, pois mesmo sem um comprador novo a cada instante, o valor de mercado do estoque não é alterado. Essa rede de pagamentos funciona sem necessidade do dinheiro fiduciário. Por exemplo, uma pessoa pode comprar no supermercado e pagar diretamente em Bitcoin.

O que é stablecoin?

Stablecoins são criptomoedas cuja cotação é pareada com algum outro valor, tipicamente o dólar americano. Isso é usualmente feito através do lastro, o depósito em banco de igual valor da emissão.

  • Proporcionam agilidade nas transações de moeda fiduciária, os reais R$, dólares, e euros.
  • A criptomoeda USDC Coin (USDC), por exemplo, tem paridade ao dólar americano, ou seja, 1 USDC equivale a US$ 1.
  • Já a PAX Gold (PAXG), tem lastro no ouro físico; cada token PAXG equivale 1 onça troy, ou 31,1 gramas.

Existem experimentos de stablecoins pareadas em cestas de ativos, ajustadas automaticamente conforme variam as cotações. Um exemplo de sucesso é a DAI, controlada pelo protocolo descentralizado Maker DAO.

Real Digital é criptomoeda?

CBDC (Central Bank Digital Currency) é a moeda digital emitida por um Banco Central, uma variação da moeda fiduciária. O Real Digital é a versão brasileira desse sistema, atualmente em fase de testes pelo Banco Central.

  • As “contas bancárias” são entradas em um banco de dados controlado pelo emissor.
  • Mantém as características de uma moeda fiduciária, pois é integralmente dependente da confiança no emissor.
  • O registro é feito em um banco de dados distribuído, que pode ou não ser um blockchain.
  • Fazem parte da oferta monetária base do país, podendo circular junto das moedas no formato tradicional.

O Real Digital não pode ser considerado uma criptomoeda, pois as transações e regras de uso dependem exclusivamente da vontade do emissor. Confira mais detalhes sobre o CBDC brasileiro no vídeo abaixo.

Existe inflação em todas as moedas?

Sim, todas as moedas estão sujeitas a inflação. No entanto, moedas com emissão restrita, como o ouro e o Bitcoin, sofrem menos. 

  • Inflação é o aumento da quantidade de moedas em circulação.
  • O efeito é resultado de políticas expansionistas dos Bancos Centrais e governos.
  • O problema fica evidente nos casos de descontrole da emissão.
o-que-e-fiat-2

Acima, temos a cédula de 100 trilhões de dólares do Zimbabué emitida em 2008 pelo Banco Central do país. Como você deve imaginar, apesar do alto valor nominal, representava menos de 1 dólar norte-americano.

Por esse motivo, fica evidente que investir em ouro e Bitcoin vale a pena para quem se preocupa com a inflação.

Bitcoin é uma moeda fiduciária em El Salvador?

Em setembro de 2021, El Salvador, um país da América Central com 6,5 milhões de habitantes, adotou o Bitcoin como moeda oficial, ao lado do dólar norte-americano.

  • Bancos, empresas e pessoas físicas no país ficam obrigados por lei a aceitar a criptomoeda como meio de pagamento.
  • O governo ofereceu uma carteira (wallet) de criptomoedas que converte Bitcoin em dólares, facilitando assim sua aceitação.
  • Apesar da introdução como moeda legal em El Salvador, o Bitcoin segue como um bem digital escasso, uma commodity.
  • O Bitcoin passou a ser uma moeda legal, porém não é considerado moeda fiduciária.

Agora que você entendeu o que é moeda fiduciária, abra sua conta no MB e aproveite os benefícios que só as criptomoedas proporcionam.

https://www.mercadobitcoin.com.br/economia-digital/criptomoedas/o-que-e-moeda-fiduciaria/
Destaques Autor
img:Redação

Redação

Estamos aqui para oferecer a você conteúdo de qualidade que o ajude a navegar com confiança pelo universo dos criptoativos. Nosso compromisso é fornecer análises precisas e perspectivas aprofundadas sobre os mais recentes desenvolvimentos no mercado cripto. Acreditamos que a educação é fundamental para o sucesso no mundo dos criptoativos, e é por isso que nos esforçamos para tornar nossos artigos acessíveis e compreensíveis para investidores de todos os níveis de experiência.  Estamos aqui para ser seu guia confiável no universo em constante evolução das moedas digitais. Seja bem-vindo e fique à vontade para nos acompanhar em nossa missão de tornar o mundo das criptos mais acessível, compreensível e lucrativo para todos!

Saiba mais
Destaques Comentários